All posts tagged: Veganismo

AFOTS – uma nova forma de ativismo pelos animais + minha experiência

A ideia do AFOTS (animals first on the second) é empreender uma forma inovadora de ativismo para abolir a exploração animal: no segundo dia de cada mês, os ativistas fazem um jejum de 24h, em que consomem apenas água ou líquidos não calóricos, homenageando, assim, os animais que, antes de serem assassinados nos matadouros, não recebem nenhum tipo de alimento.

Smoothie de banana – guia basicão

O smoothie nada mais é do que a combinação de frutas congeladas com água ou leite vegetal. Além de ser simples e barato, é uma opção saudável que dá sustento, principalmente para aproveitar esse calor numa boa.   Muitas pessoas adicionam suplementos (como spirulina, por exemplo), açúcares, iogurtes ou outros complementos ao smoothie – mas para isso, basta ser criativo e colocar o que você gosta.  Por serem naturalmente saborosas as combinações de frutas, mesmo um simples smoothie de banana com água vai ficar uma delícia. Sem contar que, quanto mais puder evitar a adição de adoçantes, melhor. Você pode adicionar aveia, chia, couve e outras tantas plantas e sementes para dar mais valor nutricional à sua receita. A receita da foto foi feita apenas com banana e manga congeladas e água. Coloquei aveia e chia no topo da tigela por serem ótimas fontes de fibras. INGREDIENTES Aqui é importante saber que as frutas podem variar de acordo com as suas preferências. A quantidade de frutas e água ou leite vegetal também variam de acordo com o …

Mingau de aveia – o melhor café da manhã do mundo!

O café da manhã é uma refeição muito importante: ele pode ditar como você vai se alimentar durante o resto do dia. Por isso, é essencial que seja uma refeição saudável, nutritiva e também saborosa. O consumo de fibras no café da manhã é altamente recomendado por nutricionistas e aparece em diversos estudos, como você pode conferir aqui. Uma ótima fonte de fibras é a aveia. Combinando a aveia com os nutrientes do leite vegetal e da banana, o mingau é, na minha opinião, a opção mais completa, prática e gostosa de começar o dia! Você pode adicionar outros complementos à refeição, de modo que o valor nutricional e o sabor sejam ainda mais abundantes. Eu, particularmente, gosto muito de colocar chia e pasta de amendoim na receita.   INGREDIENTES: 100 a 150 ml de Leite vegetal (utilizo o de soja) duas a três colheres de sopa de aveia 1 banana 1 pitada de canela MODO DE PREPARO: Em uma panela pequena, coloque a aveia, o leite vegetal e a canela. Comece a cozinhar, sempre …

A maionese vegana mais fácil da vida

Receita de maionese vegana com apenas 3 ingredientes e em 3 passos super simples! INGREDIENTES: 1 xícara de Leite de soja ½ xícara de óleo vegetal 1 colher de sopa de alho, salsinha e cebola desidratados 1 pitada de orégano Sal a gosto Observação importante: os temperos podem ser modificados de acordo com a sua preferência, e a quantidade de óleo pode ser reduzida ou aumentada para dar consistência. MODO DE PREPARO: Resfrie o leite de soja no congelador por cerca de 20 minutos. Se o congelador tiver a opção “turbo”, 10 minutos são suficientes. Coloque o leite de soja no liquidificador e adicione os temperos. Comece a bater os ingredientes e vá adicionando o óleo aos poucos, até a maionese ganhar consistência.         PRONTO! Fácil né?    

Alimentação inconsciente: por que preferimos não saber o que estamos ingerindo?

A alimentação é uma preocupação constante: os tópicos de nutrição e boa forma física nunca saem de foco; o Instagram interrompe nosso feed para mostrar como as pessoas influentes se alimentam, se exercitam e cuidam da pele e, os anúncios, por toda a parte, nos incentivam a perder 5 quilos em milagrosos 7 dias por meio de dietas restritivas. Existe uma cínica contradição que, no entanto, não ganha visibilidade. Os cuidados alimentares, embora obsessivamente preocupados com as calorias, são completamente desinteressados quando o assunto é a origem daquilo que se coloca no prato. Vegetal ou animal, natural ou industrializado – enquanto estivermos perdendo peso ou adquirindo massa magra ou, ainda, obtendo prazer momentâneo, isso não importa. Esse afastamento apático entre as pessoas e a origem de seu alimento tem motivos furtivos e consequências graves. Por que a origem daquilo que comemos perde a importância? Talvez você já tenha sido indagado com relação a consumir ou não produtos de origem animal. Pessoas que consomem carne e derivados animais, geralmente têm uma abordagem debochada ou defensiva quando …

Está faltando espanto!

No início dos anos 2000, quando eu cursava o ensino fundamental, uma das principais temáticas trabalhadas na escola era a conscientização ambiental. Por conta disso, cresci, de fato, muito consciente: tomando banhos curtos, escovando os dentes com a torneira fechada, utilizando o carro somente quando necessário e, é claro, postando várias fotos do meu cachorro demonstrando o quanto o amo e o trato bem. Ao 21 anos, entretanto, tive acesso a muitas pesquisas e matérias que demonstraram que todos os meus esforços eram inúteis, e assim continuariam sendo, enquanto eu sustentasse, através dos meus hábitos, a indústria agropecuária. Isso porque a agropecuária é responsável por uma quantidade absurda de impactos ambientais, tais como o desmatamento, a emissão de gases poluentes e a utilização exacerbada de água para a fabricação de seus produtos. Além disso, ela explora sem escrúpulos a vida de outros seres, como se sua espécie definisse o grau de respeito que os humanos devem à sua existência. Diante dessas constatações, decidi que seria vegetariana e, um ano depois dessa decisão, me tornei vegana. …

Saudações, terráqueos!

Caros leitores, me chamo Bibiana, nasci em 1996, ensino Inglês, escrevo e tenho muito apreço pela vida (em seu sentido mais amplo). Quero compartilhar o que sei, o que sou e o que faço, mas meu maior propósito ainda é aprender. Este blog é feito com muito amor, e se destina àquelas pessoas que procuram novas perspectivas; que buscam a mudança e que pretendem viver com propósito. Aqui esboço minha concepção e expansão através do minimalismo, veganismo e espiritualidade.  Já ouviu falar em autopoiese? “Autopoiesis” é uma palavra de origem Grega que significa, em sentido literal, “auto produção”. É geralmente encontrada na biologia e, às vezes, em teorias sociais. Aqui, entretanto, emprego a ela o sentido de “auto construção”, ou seja, a capacidade – da natureza e humana – de construir-se dentro do universo. Somos seres profundamente complexos, compartilhando um plano existencial – aqui e agora. Somos um acontecimento; somos história. Dentro de cada contexto (social, familiar e, claro, existencial) temos o poder de auto construção e, mais do que isso: de evolução. Sejamos uma construção suscetível …